AssociaçãoTeatroFolcloreFutebol

SEIXO 3 - 0 C.B.S.

           3    VS    0        Benfica de Soure

        A.C.R. SEIXO                                   C. BENFICA DE SOURE

 

Jogou-se, no passado domingo, a 10ª jornada da Série B da 1ª Divisão Distrital da A. F. Coimbra.Para este fim-de-semana, estava reservado um Seixo de Mira vs Casa do Benfica de Soure. Encontravam-se nesta data as equipas na 8ª e 12ª posições respectivamente, com o Seixo a precisar de pontos para se aproximar dos lugares cimeiros, depois de um início de campeonato algo atribulado... E se à partida era esse o objectivo, o mesmo foi conseguido.

A nossa equipa a alinhar com o seguinte onze:

Seabra na baliza; C. Eduardo, Pestana, Ricardão e Artur na defesa; no meio-campo Jonathan (C), Zorro e Maranhão; e no ataque J. Pedro, David Natario e Arthur Pito.

Depois da intempérie que se fez sentir nos dias que antecederam o jogo, agravada pela chuva que caiu abundantemente no próprio dia, encontrava-se o terreno de jogo, muito pesado e com muita água, impróprio para se praticar bom futebol. Adivinhava-se portanto, muita luta no meio campo e muita bola pelo ar.

Começa o jogo, alguns minutos depois da hora prevista, na sequência do atraso da equipa de arbitragem, com a equipa de seixo a entrar forte e determinada a levar de vencida esta equipa do C.B.S, criando desde o início várias oportunidades de golo, nenhuma das quais no entanto concretizadas. E é contra a corrente do jogo, que na sequencia de um mau alivio da nossa defesa, um jogador da equipa forasteira aparece isolado perante o G.R. Seabra, obrigando este a responder com uma magnifica defesa, de resto, a única que teve que fazer com grau de dificuldade elevado.

Apesar desta desconcentração, o Seixo não abanou e praticamente a seguir Pito faz o primeiro golo, aproveitando um passe do lado direito do ataque, e com tempo para tudo, a colocar a bola longe do alcance do G.R. adversário.

Houve ainda mais ocasiões de golo para a equipa do Seixo aumentar a vantagem (perfeitamente justificada), mas chegou o intervalo com o marcador em 1-0 para a equipa da casa. Sabia a pouco...

Depois de levarmos um valente puxão de orelhas ao intervalo, a equipa parecia outra. Com jogadas ao primeiro e segundo toque, quebrou por completo a equipa visitante, e logo a abrir a segunda parte, David faz o segundo golo, após um livre batido por zorro para o segundo poste, com a defesa adversária a voltar a facilitar nas marcações. Por esta altura, o Seixo era dono e senhor do jogo.

Por volta dos 70 minutos, arthur pito tem um lance de génio que só não acaba em golo muito por culpa do poste. E é já depois da entrada de Vítor Janicas em campo, que o mesmo consegue fazer o seu primeiro golo no campeonato, fazendo o terceiro da equipa neste jogo e fixando o resultado final com um forte remate no meio da grande área, que só pára no fundo das redes. Até ao final, o Seixo voltou a dispõr de várias ocasiões de golo, mas o resultado ja não iria sofrer qualquer alteração.

Registo ainda, para a entrada na segunda parte de na equipa do Seixo de Farturas, Tito e o já referido Vítor Janicas.

Resumindo, acabou por ser um bom jogo de futebol, com a equipa da casa a manter a invencibilidade no seu terreno e a Casa do Benfica de Soure a nunca baixar os braços. Quanto à equipa de arbitragem, sai com nota positiva.

De realçar que a equipa do Seixo parece estar a crescer de jogo para jogo, mas aguardemos o que nos ditam os próximos desafios.

Nota final para um agradecimento especial, o nosso obrigado pelo apoio dos adeptos, que mais uma vez, fazendo chuva ou sol, la estiveram de pedra e cal.

Reportagem: Zorro 7

ACRSeixo 2007 powered by vbworks.net